Uma das normas da International Organization for Standardization (ISO), a ISO 22000, tem foco na segurança alimentar aplicada a toda a cadeia produtiva e visa a implementação e manutenção de processos que evitam qualquer tipo de contaminação dos produtos, garantindo segurança para o consumo. De extrema importância para o segmento, o moinho de trigo Herança Holandesa recebeu a recertificação da norma após auditoria que aconteceu entre os dias 11 e 13 de dezembro.

A empresa foi certificada pela primeira vez em 2016, e, anualmente, passa por auditorias de manutenção para avaliar se o sistema continua implantado adequadamente. Já o processo de recertificação pelo órgão responsável acontece a cada três anos, avaliando criteriosamente todos os pontos de controle e qualidade. “Nosso trabalho interno não muda. Diariamente trabalhamos na melhoria contínua dos processos para alçarmos níveis cada vez mais desafiadores, e isso foi evidenciado novamente nessa auditoria de recertificação”, comenta a supervisora de qualidade do moinho, Carolina Woiciski Sikorski.

Segundo Carolina, até mesmo as linhas de pré-misturas para panificação das marcas Herança Holandesa e Precisa, implantadas recentemente, estão dentro do escopo da certificação. “Essa conquista é um importante diferencial e possibilita a efetivação de novos negócios. Qualquer cliente que compre nossos produtos sabe que temos um processo completo e seguro. Isso é um benefício para os clientes, para as cooperativas e para toda a equipe envolvida no processo”, afirma o coordenador de negócios da Herança Holandesa, Cleonir Ongaratto.

Fonte: Diário dos Campos