A pandemia da Covid-19 fez com que a Frísia aplicasse novas normas para evitar a propagação da doença, incluindo o uso obrigatório de máscaras em suas dependências.

Para seguir essa determinação, e diante da escassez de máscaras descartáveis, foram adquiridos insumos para confecção de 2.600 máscaras caseiras, que serão entregues gratuitamente para os associados que acessarem as estruturas da cooperativa.

Para isso, a Frísia conta com o apoio de 13 voluntárias, entre esposas e filhas de cooperados, que são responsáveis pela produção dos itens de proteção individual. O trabalho é colaborativo, quem não tem máquina de costura, empresta das demais.

Além da atividade servir de motivação para outras pessoas em isolamento social, é um lindo trabalho de cooperação e amor ao próximo, fundamental no combate ao novo coronavírus, onde pequenos gestos de solidariedade se tornam armas poderosas em uma luta que é de todos.

Até o momento, as voluntárias já produziram 1.200 máscaras de tricoline e estão se preparando para fabricar mais 1.400 unidades. Para o trabalho inicial, a Frísia doou 60 metros de tecidos, elásticos e fios.

Antes de entrar em alguma das unidades de Carambeí, como a Loja Agropecuária, o cooperado é abordado por um colaborador da Frísia, que faz a entrega da máscara e do álcool em gel. A proteção facial é de modelo universal e reutilizável.  Após duas ou três horas, devido à umidade, as máscaras devem ser trocadas e higienizadas, seguindo a etiqueta de preservação da saúde.

Quem quiser participar da ação de confecção de máscaras, poderá se voluntariar com Luciano Tonon, através dos telefones (42) 3231-9020 ou (42) 98403-7287.