Na última quinta-feira (18/06), durante a reunião do Frísia 360, o setor Pecuária Leite apresentou resultados mais que positivos para o segmento. Os dados foram em relação ao melhoramento genético do plantel dos cooperados da Frísia, Castrolanda e Capal devido ao Catálogo de Touros da Intercooperação (que caminha para a sétima edição). A reunião aconteceu em formato de videoconferência.

O coordenador de Pecuária Leite, Jefferson Pagno, destacou que o melhoramento genético do plantel dos cooperados foi conquistado, principalmente, pela inserção do Catálogo de Touros da Intercooperação. “Estamos colhendo bons resultados que plantamos há sete anos, com o trabalho feito pelos produtores e a equipe técnica da Frísia na seleção dos touros e na utilização de genética de ponta”.

Na ocasião, foi apresentada a primeira mensuração do plantel das três cooperativas, apontando um padrão de desempenho. Os produtores ganharam no leite mais gordura, proteína e produtividade (mais litro por vaca), além de diminuição na contagem de células somáticas (CCS).

Pagno lembra que o objetivo da implantação do Catálogo de Touros é padronizar a compra e a organização de sêmen na região. “Sabíamos que, com o catálogo, haveria ganho morfológico, mas não esperávamos que seria nesse nível”.

Durante a reunião também houve o lançamento da nova ferramenta que registra o histórico de produção e pagamento do leite com base em business intelligence (BI).  Esses dados visam mensurar as informações históricas e atuais do produtor em relação ao negócio, facilitando a gestão da propriedade.

Os técnicos da Frísia levantaram o histórico de pagamentos desde 2016 e inseriram no sistema de BI as informações, de forma fácil e acessível, o que facilita a gestão e comparação dos resultados.

“Tem todo o histórico, como preço de leite em qualquer período, produção, produtividade, entre outros dados. É importante para ele ter uma gestão mais eficiente da propriedade. Aquele produtor que trabalha o dia inteiro, não tem tempo para tabular e organizar as informações. Mas com o sistema ele entra no site da cooperativa e tem acesso a tudo, fazendo sozinho e se organizando”, concluiu Pagno.

O novo relatório está disponível no Portal do Cooperado > Aba Pecúaria Leite > Indicadores > Pagamento de Leite.