Uma ampla mobilização do cooperativismo da região dos Campos Gerais está fortalecendo o combate à Covid-19 e proporcionando melhor atendimento aos pacientes do Paraná. A Frísia realizou, nesta semana, a doação de dois respiradores e um monitor multiparamétrico ao Hospital Luiza Borba Carneiro, localizado em Tibagi, que tem convênio com o governo do Estado.

É esperada a chegada de mais um equipamento respirador nas próximas semanas. A iniciativa soma-se às doações realizadas pela Coopagrícola e pelo sistema de intercooperação Unium, formado pelas cooperativas Frísia, Castrolanda e Capal, que contemplaram o Hospital Municipal de Ponta Grossa, com apoio da terceira regional de saúde do Paraná.

O secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto, agradeceu o empenho da Frísia para o atendimento às vítimas do coronavírus. “Obrigado à iniciativa privada e aos empreendedores que têm se colocado ao lado do governo do Paraná para fazer o atendimento acontecer em todas as regiões do Estado. A Frísia também nos ajudou com dois respiradores e um monitor multiparamédico para o hospital de Tibagi. A vocês, nosso muito obrigado e que Deus nos abençoe para ultrapassar logo esse momento tão difícil”, destacou Beto Preto.

Tibagi, assim como outras regiões do Paraná, já teve casos de pacientes que foram a óbito sem ter conseguido vaga de transferência. A secretária municipal de Saúde, Natasha Dutko, afirmou que a crise sanitária provocada pela Covid-19 atingiu “de forma muito dura” Tibagi, aumentando a demanda de atendimentos e sobrecarregando o serviço hospitalar.

“Como secretária de Saúde e como tibagiana, em nome da Prefeitura Municipal, agradeço de coração todo o empenho por parte da cooperativa Frísia. Esses equipamentos serão extremamente úteis e vem para melhorar o atendimento aos nossos pacientes”, afirma a responsável pela pasta.

“A maior vantagem é que esses respiradores poderão ser usados tanto fixo, dentro do leito, quanto portátil, para transferências, um avanço na qualidade dos atendimentos. Quando as pessoas se unem em um esforço coordenado, sonhos acontecem e esperanças são renovadas. Gratidão à toda equipe da cooperativa Frísia”, ressaltou Dutko.

Quatro aparelhos chegam a PG

A intercooperação Unium doou para o sistema de saúde de Ponta Grossa quatro respiradores e quatro monitores. Além deles, a cooperativa Coopagrícola doou um respirador também para o município.

Responsável pelas Relações Sociais e Cooperativismo da Frísia, Luciano Tonon lembra que o cooperativismo e as cooperativas são parceiros do poder público, principalmente em desafios como o atual. “As doações são parte de uma mobilização das cooperativas para amenizar os desafios que a Covid-19 está impondo a nossa população. Essas ações são prioritárias para o cooperativismo e exemplificam a aplicação do sétimo princípio, voltado para o trabalho e o interesse nas comunidades”, lembra Tonon.